Loading...

terça-feira, 20 de abril de 2010

O que na verdade somos?


Ontem em uma reunião com alguns líderes da cidade um amigo abriu o seu coração para nós e expôs a sua dificuldade e a necessidade de abrir mão de sua liderança para que ele pudesse ser assim tratado por Deus em alguma áreas de sua vida. Essa atitude dele me fez refletir sobre a minha própria vida.
Hoje amanheci pensando muito naquela cena e na música da banda Fruto Sagrado “O que na verdade somos?”. Ontem à noite fui dormir pensando em o quanto eu ainda preciso me expor, me despir do meu orgulho, para na verdade ter coragem de ser cada vez mais autêntico, verdadeiro diante do meu Deus e da sociedade em que estou inserido e tenho a missão de ser “sal da terra”. Sabe, foi um tempo de confrontação em meu coração acerca de tudo que tenho vivido como pessoa e como cristão. Fiquei pensando no que as pessoas vêem quando olham para mim... será que o que elas vêem é na verdade aquilo que sou? Ou estou mascarando situações em minha vida para parecer melhor do que realmente sou, para não ser “reprovado”ou excluído dos meios sociais? A grande realidade é que muitas pessoas tem medo de se expor, e ser no dia-a-dia o que elas são de verdade, pois sabem que serão discriminadas , rejeitadas por “falsos moralistas de plantão”, que vivem a julgar as pessoas no seu “baile de máscaras” cotidiano.

Vivemos numa sociedade onde se finge muito, onde se mente muito, onde se representa muito... as pessoas tentam aparentar algo superior a sua realidade. Lembra-se do comercial do “Denorex” (Parece mais não é!!) ? Calma gente , não sou tão velho assim, eu era criancinha quando esse comercial era sucesso na tv! rs ... e tem muitos “crentes Denorex” por aí : parecem mas não são... é mais fácil fingir do que se expor e pedir ajuda para ser curado(Lembra-se de Naamã?). Existem muitos Pastores que fingem serem super pastores, e são tão seres humanos quanto as ovelhas, mas insistem em fazer a pose para manter o “status espiritual”. Quantos estão vivendo com aparência de santidade, mas na intimidade estão acessando sites pornográficos, cometendo adultérios, tratando mal a esposa em casa, mentindo, desviando dinheiro da igreja...mas tem que se mascarar a situação, pois se descobrirem será vergonha geral. Tem uma música da banda Capital Inicial que diz mais ou menos assim: “O que você faz quando não tem ninguém por perto para ver?”.
Sabe, de um tempo para cá resolvi não alimentar mais em minha vida o “mito” de que sou “super espiritual”. As pessoas te vêem em um púlpito ministrando a palavra ou no altar ministrando a adoração (na graça, misericórdia e unção de Deus) e acham que você é o “super espiritual”, o “cara”...e tem muitos ministros caindo nessa armadilha (orgulho!) alimentando isso! . Precisamos viver na luz, onde todos possam ver nossas atitudes e saberem na verdade quem somos, sem maquiagem, sem fingimento. Topas esse desafio, amigo?
Sabe, imagino que chegará um dia em que viveremos na verdade, pela verdade e em nome da verdade , quando o Espírito Santo reinar soberano e absoluto em nossas vidas e atitudes, então sonho com o dia em que isso acontecerá e haverá um novo momento em nossos cultos dominicais: o momento de confissões públicas de pecados, onde não teremos vergonha ou medo de sermos rejeitados; onde muitos vão expor em arrependimentos seus pecados mais íntimos, pedindo ajuda a outros para alcançar cura e libertação (sem serem condenados pela acusações de outros pecadores) e não haverá mais mentiras e fingimentos, pois a glória de Deus resplandecerá sobre nossas vidas e corações!
Você pode até pensar que o que acabei de escrever é uma utopia, mas eu creio no poder de Deus, pois é esse poder que faz milagres em minha vida!

16 comentários:

  1. Vc vai rir, mas fui numa palestra na sexta sobre isso. Disse td: "Vivemos numa sociedade onde se finge muito, onde se mente muito, onde se representa muito... as pessoas tentam aparentar algo superior a sua realidade. "

    parabéns

    ResponderExcluir
  2. É verdade. Nós nos dizemos de Deus mas sem querer, nos vemos como gente do mundo, quando seguimos os desejos do coração, quando colocamos A Palavra em segundo ou último plano. Ainda bem que temos o perdão! Mas de que adianta ter o perdão e depois começar os erros de novo ? Com o auxílio do Espírito Santo nós podemos corrigir a vida pecaminosa (:

    ResponderExcluir
  3. Muito interessante seu post. REalmente existem pessoas que vivem para os outros em prol do que eles vão pensar. Não vivem para se satisfazer ou satisfazer a Deus.

    ResponderExcluir
  4. Vivemos na época da superficialidade e do culto aos padrões... Nos fizeram acreditar q a vida eh uma competição, e queremos ser os melhores ñ importa o qt vai custar...

    ResponderExcluir
  5. Tira a máscara qu ecobre o seu rosto (8'

    é dificil mostrar pro mundo quem relamente somos, mais o mais dificil ainda é mentir mostrando alguém que não somos
    o importante é ser você mesmo e deixar as pessoas pensarem o que elas quiserem.

    ResponderExcluir
  6. somos um pé no saco!
    e outro na cova!

    ResponderExcluir
  7. velho somos pobres pecadoress, e Deus nos da o privilégio de todos os dias nos perdoar =D


    http://deborestt.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. gostei do blog, vou seguir, sucessos

    www.distracaodigital.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Muito interessante seu post. Gosto de pensar que somos mais do que as pessoas pensam que somos.

    ResponderExcluir
  11. mt interessante! gostei do tema abordado!

    ResponderExcluir
  12. Nossa, como é bom encontrar blogs como esse! sou da comunidade do orkut, vim aqui comentar e me alegrei em ler o texto por inúmeros motivos. me alegro ao ver cristãos comprometidos dessa forma. pelas palavras que tu usou, é perceptível a essência no teu relacionamento com Deus e isso implica que enxerguemos nossos erros, assim como ocorreu ctg qdo analisou o caso de teu amigo q abriu mão da liderança. enfim, essa máscara é usada não só nas igrejas, mas no meio social em geral e, quando há indivíduos dispostos a serem transparentes, as pessoas acabam desconfiando dessa boa vontade porque já é algo mt incomum. triste,não?! do mais, parabéns pelo teu português, escreves mt bem. em vista disso,creio q tb gosta de evoluir, de aprender, assim como eu. adoro qdo me corrigem e me dão a oportunidade de aprender algo novo. por isso, copiei essa oração :" Existem muitos Pastores que fingem serem" Tu usou uma locução verbal com 2 verbos e, nesse caso, tu deve flexionar apenas um deles, ou seja, o correto seria " figem SER", sacou? sucesso aí, que Deus sempre te abençoe nas postagens, até mais.
    www.lauramarzullo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. gostei do blog e do texto assim ele é esclarecedor


    http://www.noticiasinuteisbrasil.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Se disfarça de santinho, se disfarça de santinha, mestre da enganação.. resumindo: o que na verdade somos?? Muito bom seus textos !

    ResponderExcluir
  15. somos um saco
    rs
    gostei do tema da post
    seguindo
    xD

    http://vagalnerdkawai.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Comente aqui o que você achou deste post.